Papo reto e afiado – 28/02/17

Relator do Acórdão Condenatório reconheceu que não houve dolo na conduta de Mauro Bragato quando foi prefeito de Presidente Prudente e que também não houve benefício de ordem pessoal

Na foto ilustrativa, Bragato, Dimas e o poeta Paulo Bomfim chefe de gabinete da Presidência, em 18/02/16

“A jornalista Mônica Bergamo revelou em sua coluna, na Folha de São Paulo do dia 14 de janeiro de 2017 (veja), que o desembargador Dimas Borelli Thomaz, do Tribunal de Justiça de São Paulo, ganha R$ 92 mil por mês, ou seja “possui ganhos acima do teto constitucional de R$ 33.7 mil.

Foi ele o relator do Acórdão Condenatório que afastou o deputado Mauro Bragato de seu mandato na Assembleia Legislativa, bem como suspendeu os direitos políticos do parlamentar por 5 anos. Em seu acórdão, apesar de reconhecer que não houve dolo na conduta de Bragato quando foi prefeito de Presidente Prudente e que também não houve benefício de ordem pessoal, aplicou a pena máxima – de perda de mandato e de direitos políticos – indo inclusive contra o que diz a LIA – Lei de Improbidade Administrativa.

Ainda pontificou no acórdão, que Bragato, enquanto prefeito, deveria ter prestado atenção nos atos da Comissão de Licitações da Prefeitura de Presidente Prudente.

Como se vê, o desembargador se utiliza de dois pesos e duas medidas. Para um funcionário público que deve ganhar mais de R$ 1 milhão por ano, Borelli Thomaz não se mostra “compatível com os primados da moralidade, da proporcionalidade, da razoabilidade e da economicidade”. Um primor. Um verdadeiro Marajá do Brasil!

Chibata nas galés e na senzala. Assim é a Cabana do Pai Tomás.”

“O julgamento sobre a moralidade e a razoabilidade dos salários serve apenas para o Legislativo? E o caso do desembargador que vetou o reajuste dos vereadores paulistanos, ganhando R$ 92 mil?” (Blog do PPS – Partido Popular Socialista)

“Chego tarde, aos 56 anos, mas ainda com ímpeto de muito fazer pela Justiça de nosso país. Eis o momento para refletirmos sobre essa longa caminhada, que já dura mais de 25 anos, quando ingressei na magistratura” (desembargador Dimas Borelli Thomaz Júnior quando de sua posse em 2009)

OBSERVAÇÃO:
Os não assinantes da Folha poderão ver a matéria neste site clicando aqui >>>

Veja também:
Salário de Sérgio Moro superou R$ 117 mil em dezembro/18 >>>
Visitas recebidas no TJSP >>>

 

Izaque Silva pode ser uma esperança para a Região Prudentina

Izaque Silva pode ser uma esperança para a Região Prudentina


“1º ENCONTRO REGIONAL COM PREFEITOS E LIDERANÇAS   POLÍTICAS – PSDB.
Nesta bela manhã, (21/01), participei de um grandioso encontro Regional de lideranças políticas do PSDB, e de outros partidos que também que se fizeram presentes, dentre eles o PSDC Prudentino.
Pelo menos 35 municípios da região de Presidente Prudente e da Alta Paulista estiveram representados na manhã deste sábado, encontro este promovido pelo PSDB a fim de terem um primeiro contato e conhecerem nossos trabalhos e propostas junto a Câmara Federal para esta Região, que congrega mais de 54 municípios, a 10° Região Administrativa.

Do encontro, promovido pelo ex Deputado Estadual e atual coordenador regional do PSDB, Mauro Bragato, participaram prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, secretários municipais, presidentes de partidos políticos e entidades assistenciais e sindicais entre outras lideranças.

O presidente da UNIPONTAL e prefeito de Regente Feijó, Marco Antônio Rocha, destacou as dificuldades que o poder executivo dos municípios está enfrentando já no início da atual gestão e de como a crise nacional reflete de maneira mais contundente em nossa região pela falta de um representante na esfera federal. Rocha foi enfático em apontar que a experiência do Deputado Izaque Silva, eleito por sete (7) legislaturas consecutivas frente à Câmara Municipal, permite a ele conhecer bem não só o processo legislativo, mas os anseios mais básicos e urgentes de nossa região.

O Prefeito Edmar Carlos Mazucato, de Osvaldo Cruz e presidente da União de Prefeitos da Alta Paulista, também destacou que o momento atual vivido pelos prefeitos recém empossados é um dos mais críticos da história, mas foi objetivo em dizer que os desafios demandam maior esforço e dedicação dos eleitos em superá-los.

Apesar de dizer-se consciente das dificuldades que o cenário nacional oferece aos prefeitos da região, é otimista em crer que o Deputado Izaque Silva é alguém que vem para somar esforços na busca por soluções.

Em minha fala fiz um diagnóstico da situação pela qual a região oeste de São Paulo vem enfrentando com a falta de uma representação política na esfera federal há pelo menos seis (6) anos O reflexo disso é que pouca ou quase nenhuma verba originária de recursos parlamentares foi destinada para os municípios que ficaram à mingua.

Deixei claro e sempre friso, que sou um “garimpeiro” com a missão de atuar pela região na busca por recursos da União junto a Ministérios e à Câmara Federal, já que a a minha condição de Deputado Suplente só permitiu que ocupasse a vaga no último dia cinco (05) de janeiro e por um prazo muito provavelmente exíguo até 2018.

Finalizando me coloquei a disposição de prefeitos da região para que não só o PSDB mostre a força de sua união, mas que lideranças e prefeitos de diferentes partidos desde o Pontal à Paulista trabalhem em conjunto por buscar recursos tanto no Estado quanto no Governo Federal, e destaquei dois grandes compromissos enquanto Deputado:
– reivindicar o credenciamento do Hospital Regional do Câncer e envidar esforços para que o projeto da UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente), de investimentos na malha ferroviária regional, seja contemplado com investimentos em modernização.

Izaque Silva.
Deputado Federal.
Compromisso com a Comunidade.”

Leia também:
ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres fará Audiência Pública nesta terça >>>

Postado também minha página no Jusbrasil (veja) >>>

no Linkedin (veja) >>>

e no Congresso em Foco (aguardando moderação)