Ao menos dois governadores eleitos irão morar em suas próprias casas

Vista aérea da casa de João Doria

Leia também:
Conheça o Grajaú, a ‘Urca da Zona Norte’, bairro onde o governador eleito Wilson Witzel quer continuar morando >>>

Sonho de Doria poderá ir por água abaixo

O PODEMOS e vários outros partidos juntos poderão tirar o Palácio dos Bandeirantes dos sonhos do atual prefeito de São Paulo, enquanto Márcio França poderá subir nas pesquisas inclusive por ter ao seu lado Mário Covas Jr. e partidos ligados à entendidas religiosas

”O PODEMOS  anuncia, nesta terça-feira (3), às 12 horas, na Avenida Paulista, 2.200, no Auditório Assis Chateaubriand, sua adesão ao projeto do PSB para o Governo do Estado de São Paulo em 2018 e apoio à pré-candidatura do vice-governador Márcio França.

O PSB já conta com o apoio do Partido da República (PR); Solidariedade (SD); Partido Republicano da Ordem Social  (PROS); Partido Social Cristão (PSC); Partido Pátria Livre (PPL),  Avante, Partido Popular Socialista (PPS), Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Partido da Mulher Brasileira (PMB), Partido Verde (PV),  Partido Republicano Progressista (PRP) e agora o Podemos , somando mais de 20 minutos de tempo de TV e Rádio para as eleições deste ano.

Novas adesões serão anunciadas em breve.

No encontro desta terça-feira estará presente Mário Covas Neto, que se filiará ao Podemos e fará parte do projeto de Márcio França e de todos estes partidos para o Governo do Estado de São Paulo”

Leia também:
Dez frases de Doria e suas contradições sobre a candidatura em 2018 >>>

Seis meses de Doria e poucos resultados satisfatórios

Os primeiros seis meses da administração de Doria agradou poucos, desagradou muitos e fez com que a própria Globo que sempre sem mostrou anti PT fizesse comentários citando que a administração anterior tinha e teve melhores resultados no mesmo período.

Veja também:
João Doria invade terreno em Campos do Jordão