Descaso com limpeza em Panorama pode gerar impeachment de prefeito, vereadores e diretores de alguns setores

Descaso com limpeza em Panorama pode gerar impeachment de prefeito, vereadores e alguns diretores

tse versus luis carlosPor Amorim Sangue Novo

Levando em consideração que a Constituição Federal, no artigo 30, determina, por exemplo, que cabe ao prefeito e à sua equipe administrar o transporte coletivo da cidade, manter programas de educação infantil e ensino fundamental, prestar serviços de atendimento à saúde da população, promover o adequado ordenamento territorial do solo urbano e proteger o patrimônio histórico-cultural do município e, aos vereadores acompanhar as ações do Executivo municipal e fiscalizar se os compromissos legais e metas do governo (artigo 31) estão sendo cumpridos e, como se vê nas reclamações e denúncias nas redes sociais, inclusive na imagem acima, quaisquer pessoas da sociedade, “de motus proprio” ou coletivamente, poderá entrar com ação de improbidade administrativa contra o prefeito, Luis Carlos Henrique da Cunha, na gestão atual, vereadores que não se dignam a cobrar e fazer indicações no sentido que as obrigações do Executivo sejam cumpridas, assim como do Diretor Geral, Fiscal Geral e outros lotados em setores relacionados à falta dos serviços.

Vejam que a Carta Magna também prevê em seu artigo 158, os três impostos que geram parte da receita disponível aos prefeitos na administração dos serviços públicos locais.

Leia também:
Jornalista faz desafio ao prefeito de Panorama >>>
Conheça as principais atribuições dos prefeitos e vereadores >>>
Em Panorama serviços de manutenção, limpeza e conservação continuam problemáticos >>>
Moradora de Panorama, leitora do Sem medo da verdade, faz denúncia na página do site no Facebook >>>
Falta de serviços públicos em Panorama faz três vereadores “cobrarem” providências do prefeito >>>
Vereadora Amorim mostra a força e a garra da mulher brasileira >>>
Em Panorama, fezes a céu aberto incomodam moradores do bairro São Francisco >>>
Recorrer à Justiça pode ser a saída para ter garantido o acesso à saúde pelo Estado >>>
Precisa de atendimento médico e não é atendido? Acione seu prefeito ou a promotoria >>>
Inelegibilidade de Luis Carlos irá até 2023 >>>

Cuidado com o que você lê e vê na mídia >>>

Veja vídeos relativos:
Prefeito de Panorama paga pena por compra de votos >>>  Ministérios Públicos agem pró cidadãos >>>

http://www.semmedodaverdade.com.br/amorim-sangue-novo/cuidado-com-o-que-voce-le-e-ve-na-midia/

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm

http://www.semmedodaverdade.com.br/amorim-sangue-novo/conheca-as-principais-atribuicoes-dos-prefeitos-e-vereadores/

http://amorimsanguenovo.jusbrasil.com.br/noticias/114387550/em-panorama-fezes-a-ceu-aberto-incomodam-moradores-do-bairro-sao-francisco

“Minha boca é um túmbalo”

“Minha boca é um túmbalo”

boca fechada

Por Amorim Sangue Novo

Como diria a comediante Maria Tereza (falecida) o título de aplica ao atual diretor de saúde da cidade de Panorama, Ramires Custódio, o qual, aliás, já sofreu críticas em redes sociais.

Informado, desde finais de abril sobre uma possível mudança no quadro de diretores em Panorama, estive naquela cidade, onde no posto de saúde, estranhamente fui atendido pelo Ramires, o qual se encontrava trancado na sala do então diretor, Israel. Claro que, sem citar o conhecimento de sua possível admissão ao cargo, tentei fazer com que o Ramires fizesse alguma menção ao fato, mas o mesmo, por três vezes, citou não ser funcionário da prefeitura.

Boca fechada é fundamental para todos os funcionários de qualquer área, principalmente na saúde, onde muitos dados pessoais, em relação à saúde das pessoas não podem nem devem ser expostos. A esperança é que o Ramires não se omita em suas informações à mídia e no bom trato para com os munícipes, e nesta segunda (04) o prefeito de Panorama, Luiz Carlos sua admissão ao cargo de diretor de saúde, o prefeito também anunciou a substituição do diretor de obras, com a transferência do diretor de trânsito para aquele setor, resta saber se este, devido o novo cargo que envolve mão de obra de pessoas acostumadas ao comando de pessoas com “braço forte”, irá se adaptar com uma pessoa ligada à área administrativa, até porque este “braço forte”, não foi demonstrado no comando do trânsito, visto que desmandos de condutores é uma constante na cidade, além do trânsito de pedestres e falta de acessibilidade em diversos locais.

Por enquanto o Executivo não anunciou quem terá a pasta do esporte e do trânsito, o que fez com que um comentário em rede social, cite a acumulação de subsídios pelo diretor de obras, o que é totalmente incoerente e ilegal. Minha esperança que nomes de moradores da cidade sejam analisados, posto que nas duas áreas é importante o conhecimento físico da cidade e o potencial dos esportistas locais.

Há quem diga também que esta troca se deu devido cobranças do site, Sem medo da verdade e até, já conhecedor do estudo para anúncio da nova diretoria desde semana passada, para relembrar, coloquei uma matéria ontem, a qual faz aluzão a situação (leia).

De qualquer maneira a sorte está lançada e como isto não é um jogo de cartas, não vou completar a frase do crupier.

Imagem: Facebook – Edição: Amorim Sangue Novo

Leia também:

Troca de diretores em Panorama não repercute bem em rede social >>>