Qual é o seu problema? O CEJUSC pode resolver gratuitamente

Qual é o seu problema? O CEJUSC pode resolver gratuitamente

Centro comunitário Pedro Russo amorim ssangue novoConciliação é a melhor forma de solução e o CEJUSC vai te ajudar a resolver gratuitamente

Nesta terça (27) o CEJUSC ITINERANTE estará levando o Projeto Nome Limpo, Vida Boa aos moradores de Dracena, desta vez no Jardim Santa Clara, e poderá ajudar a resolver diversos problemas de conflitos, como:
Acidentes de trânsito
Cobranças
Dívidas bancárias
Conflitos com vizinhos
Divórcio
Pedido de Pensão Alimentícia
Guarda de filhos
Regulamentação de visitas, e ouras dúvidas.

Leve seus documentos pessoais, carnês e todos os documentos referente aos problemas que você quer resolver.

Local: Centro Comunitário “Pedro Russo”
Rua Stélio Machado Loureiro, 143
Dia: 27 de outubro
Horário: de 10 as 16

Assembleia aprova Projeto de Lei para abono de conciliadores e mediadores

assemblaia

A Assembleia Legislativa paulista aprovou ontem (24) o Projeto de Lei nº 1.005/2013, do Tribunal de Justiça, que concede abono aos conciliadores e mediadores inscritos nos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs).

O PL estabelece valor de duas Ufesps por hora para o abono variável. A jornada diária de trabalho poderá ser de duas, quatro, seis ou oito horas, dentro do expediente forense (9 às 19 horas), limitada ao máximo de 16 horas semanais, sem direito a banco de horas, mesmo ultrapassado o limite máximo.

A aprovação do projeto é um importante passo para fomentar a cultura da paz. Desembargadores integrantes do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos e Cidadania (Nupemec) defenderam a aprovação do projeto para valorizar a atividade dos profissionais que prestam serviço de extrema relevância ao Judiciário.

Atualmente, os conciliadores que atuam nos Cejuscs são voluntários, e não recebem qualquer ajuda de custo. São profissionais qualificados e treinados por instituições reconhecidas pelo Conselho Nacional de Justiça e auxiliam as partes em busca da solução de suas demandas, por meio de acordo.

Da redação com informações e fotos da Assembleia Legislativa