Papo reto e afiado – 03/02/17

“Tudo como dantes no quartel de Abrantes” ou seja: os “ratos” e os porões são os mesmos.

Muitos outros provérbios poderiam ser adotados no caso da “renovação” dos presidentes do Senado e Câmara Federal, mas eu prefiro lembrar o qual expressa claramente que  “os cães não querem largar o osso”. Digo isto pois como vimos que, no Senado saiu o investigado Renan Calheiros/PMDB, o qual foi substituído por Eunício Oliveira/PMDB, ex-auxiliar de fábrica e hoje grande empresário e produtor rural, que já foi citado várias vezes em delações e, assim como o Renan, é aliado ao presidente Temer cujo nome aparece 43 vezes no documento do acordo de delação premiada de Cláudio Melo Filho,foi citado em delação da Odebrecht em propinas da Transpetro.
Já na Câmara, continua o também aliado ao Temer, Rodrigo Maia do DEM que também foi apontado em delação da Odebrecht, ou seja: os “ratos” e os porões são os mesmos.

Leia também:
Rodrigo Maia é mais canalha que cunha e Renan juntos >>>

Daputadas, digo, deputados passarão festas juninas em Campina Grande

Daputadas, digo, deputados passarão festas juninas em Campina Grande

Por Amorim Sangue Novo

171 deputados digo, 171 digo, 171 digo, 171 digo, 171 digo, 151do nordeste são liberados até a próxima quarta-feira para passarem, as festas juninas em Campina Grande/PB

Até aí tudo errado, mas o que me deixa apreensivo é que quando se fala em deputados e políticos não consigo digitar o número 171, digo, 171 digo, 171 digo, 171 digo, 171, digo, 151, com facilidade, pois só vejo em frente gente a tecla sete, de 171.

Além disto, estes caras faltam tanto que não sei o porquê da necessidade de liberação por parte do presidente da Câmara, Eduardo Cunha

Parece piada, a Câmara dos deputados querem um Shopping próprio

Parece piada, a Câmara dos deputados querem um Shopping próprio

shoppingPor Amorim Sangue Novo

Não deixe de participar e pedir que tal investimento que vai sair de nossos bolsos sejam gastos desta maneira, uma vez que os deputados estão para aprovar a construção de um shopping dentro da Câmara. “O valor de investimento nesta obra, sendo público ou privado, não tem justificativa”, diz Fernanda Castanho, criadora de um abaixo-assinado pedindo o impedimento da obra.

Assine se você acha que os deputados deveriam se preocupar com coisas mais relevantes.

Câmara dos Deputados: Não à construção de um shopping, em aprovação pela Câmara dos Deputados.

Ao mesmo tempo que o país vive uma crise e vários benefícios aos cidadãos estão sendo cortados, a Câmara se preocupa em construir um shopping. O valor de investimento nesta obra, sendo público ou privado, não tem justificativa. O país necessita que governantes pensem em construção de escolas, creches, presídios dignos, hospitais e tantas outras coisas, e não de shoppings!

Clique aqui para assinar

Leia também:
Projeto de shopping da Câmara dos Deputados causa polêmica >>>