Câmara de Dracena votará abertura de CEIs e Kielse deu o grande golpe de mestre

Imprensa Livre de Dracena pressionou e Câmara de Dracena anunciou a votação para aceitação, ou não, de CEIs. para apurar casos da APMIAD (Creche da Nadir) e indícios de fraudes em compras públicas da Secretária de Esporte, Juventude e Lazer

Kielse ,Higor,Vitim, Juninho e Maria Mateus

O documento entregue foi assinado por Bruno Brandino, Davi Silva, Jorge Luiz Zanoni, , Jose Narciso Gesteiro, Vanderlei Valério, Pena Jr e Chris Marques Sobreira Faraco, e Amorim Sangue Novo

Veja entrevista com a vereadora Maria Mateus clicando aqui >>>

Veja aqui a sessão da Câmara >>>

Matéria relativa:
Vereadora de Dracena pede celeridade no caso da Creche da Nadir >>>

OBS.: No vídeo, onde cito Bruno Brandino, articulador entenda Bruno Brandino, articulista

 

Veja a carta aberta da íntegra

À

Câmara Municipal de Dracena

Rua Princesa Isabel, 1635 – Centro,

Dracena – SP, CEP: 17900-000

CARTA ABERTA AOS VEREADORES DE DRACENA

Senhores Vereadores,

Os acontecimentos na política brasileira estão cada vez mais desmotivando os cidadãos a acreditar em um futuro melhor, pois de norte a sul do país os casos de corrupção estão se multiplicando e tornando públicos.

Este fenômeno não é mérito exclusivo dos tempos atuais, mas sim desde o momento que os portugueses atracaram nestas terras. O alento que temos é que a tolerância com atos corruptivos esta diariamente diminuindo.

A Imprensa Livre tem um grande papel no combate a este câncer que destrói o futuro de milhões de brasileiros. Comunicadores Livres são primordiais, pois não dependem de contratos firmados com o Poder Público e não se intimidam em publicar os fatos que tem conhecimento e provas. Em plena era digital, negar informação à população é o mesmo que tentar colonizar os leitores e transmitir a eles uma realidade maquiada.

Nós, subscritores desta carta aberta, recebemos frequentemente muitos pedidos da população sobre os problemas que atinge a cidade. São anseios referentes a diversas prestações de serviço público que deveriam ser ofertados com qualidade.

Por mais que a Administração Pública Municipal tente passar uma imagem que a cidade está em ordem, a realidade mostra o contrário. Comerciantes encerrando suas atividades, pessoas com dificuldade para conseguir atendimento médico, vias públicas em precário estado de conservação e falta de incentivo ao esporte são algumas das mazelas que corriqueiramente chega até o nosso conhecimento.

Os treze vereadores escolhidos de forma democrática pela população foram colocados nestes postos para representar a população e atuar em defesa de cada morador de Dracena, independente de sua posição social, religião ou cor. Juntos, vocês conquistaram 8.819 votos, pouco mais de 25% dos eleitores desta cidade, e devem legislar em respeito não somente a estes, mas sim aos 46.324 habitantes que aqui vivem.

Pedimos que honrem a confiança que depositamos em cada um de vocês e por serem o Poder Público mais próximo da população solicitamos atenção e olhos bem abertos aos acontecimentos que estamos vivenciando em Dracena. Sabemos que individualmente são capazes e têm mérito e história na cidade, porém quando juntos em nome do Poder Legislativo presenciamos que falta interesse maior em exercer a função para qual foram eleitos.

Os fatos não são novidades para nenhum dos vereadores desta Casa, mas a impressão passada é que interesses particulares e partidários estão acima dos interesses da população. Prestação de contas irregulares por entidade do terceiro setor (APMIAD, popularmente conhecida por Creche da Nadir) e indícios de fraudes em compras públicas da Secretária de Esporte, Juventude e Lazer são episódios atuais e que os parlamentares municipais desviam o foco assunto. Ainda que o Ministério Público e a Polícia Civil estejam investigando os casos, compete também a vocês, fiscalizadores do Município, averiguarem os fatos e tomarem providências necessárias.

Os tempos são outros, vocês até podem convencer os eleitores distribuindo cestas básicas, arrumando uma “vaguinha” em médico para um ou outro cidadão ou pedindo pra a Secretaria de Obras taparem buracos na rua em frente à casa de algum morador, mas saibam que o papel de vocês vai muito além destes atos assistencialista, os quais na verdade cabem à Prefeitura Municipal realizá-los.

Pedimos postura e atitude rígidas contra o mau uso do dinheiro público que é tirado de cada cidadão por meio de impostos e tarifas. Rogamos aos trezes vereadores desta Casa de Leis, olhos perspicazes com o que acontece na Cidade Milagre.

Muito tem se falado na dificuldade de conseguir cinco vereadores para abertura da Comissão Especial de Inquérito para apuração do caso da APMIAD e das compras da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer. Dificuldade maior se vislumbra que tal propositura seja aceita pela Mesa Diretora e que sejam indicados os membros da Comissão Especial de Inquérito, partidariamente como pede o regimento Interno desta Casa.

Para que uma cidade evolua há necessidade que todos estejam com um mesmo objetivo, o bem do coletivo, pois vocês não foram eleitos para jogarem contra a população e sim a favor dela.

Por toda a situação de nossa cidade e dos que nela vivem, nós comunicadores livres de Dracena, mobilizados, solicitamos que os nobres vereadores procedam a abertura das Comissões Especiais de Inquérito do caso da APMIAD e dos indícios de fraudes nas compras da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer para averiguação dos fatos e que as devidas providências sejam tomadas sem partidarismo. Em tempo, solicitamos gentilmente que esta carta seja lida em Sessão Ordinária para ciência de toda população.

Dracena, 09 de abril de 2018.