DRACENA – Aumento aos funcionários, dar ou não dar, eis a questão

DRACENA – Aumento aos funcionários, dar ou não dar, eis a questão

che_guevara_quot_hay_que_endure_olEm postagem na página do Facebook o Sindicato dos Servidores de Dracena, após haver cobrado diversas vezes para efetuar alguns aumentos aos servidores, faz sérias criticas ao prefeito de Dracena, José Antonio Pedretti, conforme pode ser visto abaixo.

Ainda na quarta (16), em conversa telefônica, Pedretti me confidenciou que, mesmo estando a folha no seu limite máximo, iria fazer esta reunião e dar um aumento de ao menos parte do solicitado. O prefeito ainda frisou por duas ou três vezes: “Vou dar um aumento nem que eu fique inelegível”.

Ontem (17), conversando com uma base aliada, esta me falou sobre estar ciente dos atos do prefeito, mas sem se envolver em sua administração, assim como eu também não opinei sobre o comportamento do prefeito diante situações deste tipo, inclusive porque não cabe a imprensa tomar decisões ou se envolver na administração, podendo esta sim, opinar após o fato ou o ato ser estabelecido, porém acho que alguns adjetivos não podem e não devem ser atribuídos a quaisquer pessoas ou a políticos que foi eleito pelo voto popular e legalmente constituído.

Meu conceito sempre é o de que, assim como os empresários, políticos não devem agir com a emoção ou com o coração, mas sim com a razão, assim como suas decisões têm que ser firme e de forma pessoal, pensando sempre no bem coletivo e, como diz o dito popular, doa a quem doer, e é aí que mora o pecado do prefeito Pedretti.

Ouso aqui parodiar a famosa frase de Che Guevara (na figura acima) Hay que se perder la ternura, pero sin endurecerse jamais e, neste caso específico fica a pergunta: Dar ou não dar? Ceder ou não ceder?

refeito covardeServidores Municipais Dracena

11 h

“EM ATO DE COVARDIA PEDRETTI CHAMA CARGOS DE CONFIANÇA PARA ANUNCIAR MINI AUMENTO
____________________________________
Em um ato de desespero, tentando encobertar seus desmandos com a administração pública, a falta de planejamento e outras mazelas praticas por ele o prefeito de Dracena reuniu alguns servidores, alguns deles ocupantes de cargos confiança para anunciar um aumento insignificante no salário dos servidores municipais. 5% no salário e 20% no cartão alimentação.
Nenhum prefeito da região foi tão covarde até hoje para fazer uma coisas dessas.
Ou seja, esses servidores presentes estão respondendo pelo desejo dos servidores municipais que sofrem. Em alguns casos dos presentes na reunião o salário é bem grande, por isso 5% representa centenas de reais, já os servidores que recebem menos que um salário mínimo, os 5% não representam nem R$ 50,00.”

Leia também:
Servidores de Dracena terão reajuste de 5% no salário e 20% no cartão-alimentação >>>  
Prefeito Pedretti segue exemplo de outros prefeitos e reduz cargos >>>
Presidente do Sindicato dos Servidores faz críticas ao chefe do Executivo >>>
Sindicato pede 15% de aumento salarial e 20% no cartão alimentação em negociação salarial com Pedretti >>>

 

Sindicato pede 15% de aumento salarial e 20% no cartão alimentação em negociação salarial com Pedretti

Sindicato pede 15% de aumento salarial e 20% no cartão alimentação em negociação salarial com Pedretti

reunião
Membros do Sindicato em reunião com o Prefeito Pedretti

Para dar início a negociação de reajuste salarial 2016, que tem como data-base o mês de maio (1), o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Dracena, Edivaldo Caetano de Souza e os diretores Paulo Pacheco, Maria Matheus e Higor Tossato se reuniram na tarde desta quarta-feira (17) com o prefeito José Antonio Pedretti para apresentar a proposta de aumento salarial e reajuste no cartão alimentação para servidores ativos e inativos.

Como primeiro item da proposta está o reajuste de 15% nos salários dos servidores, tendo em vista que a inflação de acordo com o IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – até o mês de janeiro de 2016 já é de 10,54%, e poderá chegar a 11,5% em maio, com isso a inflação seria somada ao ganho real totalizando 15%.

Com relação ao cartão alimentação dos servidores ativos e inativos, que não teve nenhum reajuste desde de 2014 e já acumula perca de aproximados 20%, foi solicitado a revisão e recuperação da perca, e um possível reajuste, haja vista que o reajuste no cartão alimentação não tem impacto no índice de 54% de gasto com pessoal, permitindo ao poder executivo conceder aumento considerável sem ter problemas com o Tribunal de Contas. Também foi destacado que o cartão dos funcionários do Fapem e aposentados da Prefeitura, que foi incorporado a folha, não teve nenhum reajuste, e isso só pode ser feito através de decreto do Prefeito, o Sindicato pediu providências nesse caso.

O prefeito José Antonio Pedretti se comprometeu a encaminhar os pedidos a sua equipe financeira para avalizar a proposta e continuar a negociação em uma nova reunião que será marcada pelo prefeito nos próximos dias.

Edivaldo Caetano pediu empenho do chefe do executivo para possa melhorar as condições salariais dos servidores municipais de Dracena que sofrem com os piores salários da região.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Publicado originalmente no site Ailtom Ribeiro

Observação do Sem medo da verdade: Hoje (19), alertamos o Sindicato sobre a data-base para correção salarial, o qual admitiu ser o mês de março, consequentemente o índice de inflação acumulado nos últimos 12 meses é de 10,35%(fonte)