A culpa é toda sua!

A culpa é toda sua!

culpa suaEsqueça Dilma. Esqueça Aécio. Esqueça até Lula e Eduardo Cunha, pois agora vamos falar do verdadeiro problema do nosso país:

Você.

Sim, você mesmo, que está passando os olhos por essa frase. Você é um problema para o Brasil. Um problema dos grandes. Não preciso ver você através dessa tela para perceber que você é preocupante.

Talvez você esteja pensando que esse texto não é sobre você. Afinal, você trabalha, ao contrário desse povo que vive de bolsa do governo. Você acorda cedo e vai dormir tarde para pagar o seu carro, que comprou com muito suor na testa.

Bom, lamento em informar que esse texto é sobre você.

Se você não se identificou com o perfil acima, não se sinta orgulhoso. Se você sabe muito bem que em um país como o nosso é preciso que existam medidas para reduzirmos a desigualdade social, se você tem consciência que não nascemos todos com as mesmas oportunidades, não suspire aliviado. Esse texto também é sobre você.

E sabe por quê?

Porque você acredita que caráter é definido por posição política.

Você acredita seriamente que quem vota em partidos de direita é fascista e quem vota nos de esquerda, vagabundos. Só quem concorda com a sua visão de mundo quer que o Brasil vá para frente, não é mesmo? Os outros são cegos, egoístas, mal intencionados e você não respeita essa gente mesmo. Para quê respeitar quem está aqui para acabar com a nação?

Você é um problema para o Brasil pois trata política da mesma forma que encara o seu time de futebol: torce para que os outros se ferrem. Na verdade, você está tão preocupado em defender o partido em que você votou na eleição passada que prefere não comentar as investigações feitas naquela pessoa que você apoia. Afinal, você não vai dar o braço a torcer para o outro lado! Deus me livre você concordar com qualquer coisa que seja relacionada àqueles em que você não votou.

Melhor ficar quietinho esperando que aquele filho da puta que você não apoia seja preso do que dar uma lida naquela matéria que fala mal da pessoa que você confia. Afinal, todos que não votam no mesmo partido que você são mentirosos e manipuladores.

E enquanto você gasta seus dedos no Facebook mandando todos os esquerdopatas para Cuba e os coxinhas para os Estados Unidos, o Brasil se torna um país cada vez pior. Por sua causa.

É sério: por sua causa.

Afinal, você não perde o seu tempo conversando com gente que não possui mesma posição política que você. Você sente desprezo quando percebe que aquela menina que vota naquele partido nojento. Você deixou de sair com aquele homem quando viu aquele adesivo colado na traseira do carro.

Você se acha muito inteligente por votar em quem você vota, mas não percebe que se tivesse nascido a três quadras de distância do seu bairro, votaria em um partido diferente. E mesmo votando nesse outro partido, acharia que está fazendo um grande bem para você e para o país.

Mas o que isso importa? Só você está correto. Você e os que pensam como você. Você e seus amigos, que reforçam a ideia de que quem não pensa exatamente da mesma forma é um analfabeto político.

Sabe, a culpa não é do PT. A culpa não é do PSDB. Enquanto você achar que política é uma disputa entre você e o seu vizinho que bate ou não panelas, a culpa é toda sua.

– O texto foi extraído da página de Sandra Laura Mathias Duarte no Facebook, a qual contatada diz não conhecer a autoria – Imagem: Google