“Manobra de evangélicos aprova criminalização de aborto até em estupros”

Após “Manobra de evangélicos aprova criminalização de aborto até em estupros”Comissão composta por 18 homens e apenas um mulher incluiu texto em proposta para ampliação de licença-maternidade. Terá de passar ainda pelo plenário da Câmara e pelo Senado” (Título e subtítulo: Rede Brasil Atual)

Camila Pitanga faz convite para manifestação contra PEC que proíbe aborto

Elis Regina fala sobre aborto – 1981

Leia também:
Após manobra comissão aprova proibição de todo tipo de aborto >>>
Gussi tenta justificar seu voto no Facebook >>>
Veja meu comentário para as redes sociais >>>

Leia mais:
”QUEM SÃO OS 18 HOMENS QUE QUEREM LEGISLAR SOBRE O CORPO DAS MULHERES
A aprovação da malandragem foi feita durante um rápido intervalo em que a sessão do plenário foi derrubada por falta de quórum e sem a presença da oposição.
EM UMA MANOBRA pouco republicana e nada cristã, a bancada da bíblia incluiu uma mudança constitucional em uma PEC que pretendia apenas ampliar a licença-maternidade para mães de bebês prematuros. A alteração, feita por uma comissão especial da Câmara, torna ilegal qualquer tipo de aborto, inclusive em casos de estupro e anencefalia do feto. A aprovação da malandragem foi feita durante um rápido intervalo em que a sessão do plenário foi derrubada por falta de quórum e sem a presença da oposição.”
Leia a matéria completa clicando aqui >>>

Abaixo: Memes nas redes sociais