Morador de Paulicéia agradece ao Ministério Público de Panorama

Morador de Paulicéia agradece ao Ministério Público de Panorama

Panorama-Pauliceia portal de entradaPor Amorim Sangue Novo

Atendendo ao pedido do Sr. Carlos, que me enviou a mensagem abaixo:
“Bom dia seu Amorim, Moro em Pauliceia e todo dia leio seu site e gosto muito de suas publicação e por ele queria mandar meu obrigado publcamente para o ministério publico de Panorama por mandar que a santa casa atendesse os morador daqui da cidade. Obrigado “Carlos”

Sr. Carlos, aproveito a ocasião, para citar que realmente o Ministério Público de Panorama, que abrange as cidades de Panorama, Paulicéia e Santa Mercedes, realmente merece o reconhecimento pelos bons trabalhos exercidos, principalmente, nos últimos anos e, já citado em matéria anterior (veja), quando,  por isto mesmo já fiz uma observação a este respeito.

O que vejo também, Sr. Carlos, é que a falta de entendimento entre os gestores de várias prefeituras e que, neste caso envolve a provedoria da Santa Casa de Panorama, está fazendo com que as atitudes tenham que ter sido através de interferência do MP, quando cabe aos chefes de Executivo.

Aliás meu caro leitor, na cidade de Panorama está sendo uma constante, talvez por negligência, incompetência ou despreparo.

Sr. Carlos, vamos esperar para ver se será preciso uma intervenção do MP para que o patrimônio público seja resguardado, evitando assim furtos e depredação dos bens do público (eu disse, do público), como foi no caso da ambulância que, dizem, haver sido furtada neste último fim de semana (leia), ambulância esta que, com certeza, fará falta para atender a demanda, sendo que, inclusive já há queixa de usuário (leia), a qual foi desmentida pelo encarregado do setor de ambulâncias mas, como diz o ditado, onde há fumaça há fogo e até porque já existe outros veículos em estado de penúria (veja foto no G1), veículos estes que poderiam estar sendo recuperados, aos invés de investimentos em festas.

É de fato uma lástima que tamanho desleixo esteja acontecendo nesta linda cidade e, mesmo não sendo especialista em direito político, creio que, neste caso, até caberia um procedimento para se constatar se há improbidade administrativa,. Pena é que os vereadores e a oposição, talvez até por comodismo ou ineficácia, abstêm-se de tomar as medidas cabíveis.

Fotos: Arquivo do Jornal Digital Panô City

OBS.: O texto do leitor não foi editado, permanecendo no original

Conheça as atribuições de um presidente

Deodoro_da_Fonseca_(1889)Conheça as atribuições de um presidente
Cuidar da defesa do país e das relações com as outras nações, por exemplo, definir as
regras para imigração e o comércio entre os países.
Representar o país no exterior, como quando o presidente viaja para participar de
conferências na ONU ou reuniões internacionais para falar de negociações e tratados.
Cuidar da infraestrutura nacional, planejando novas rodovias e ferrovias federais ou
usinas geradoras de energia, por exemplo.
Controlar e planejar a atuação das forças armadas, por meio do Ministério da Defesa,
e cuidar das fronteiras.
Criar as políticas nacionais de Saúde, Educação e Cultura.
Administrar a rede federal de ensino, que abrange a educação superior, como as
universidades federais.
Nomear o Presidente do Banco Central, além dos membros dos órgãos máximos do Poder
Judiciário, como os Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Apesar da indicação
presidencial, todas essas nomeações passam antes por uma validação no Senado.
Elaborar e propor em conjunto com seus ministros o Orçamento Geral da União. É o
orçamento que determina a quantidade de dinheiro que será aplicada em cada área,
assim como quanto o país deve poupar e quanto o país deve pagar de suas dívidas.
Depois de finalizado pelo presidente e pelos órgãos competentes, o orçamento precisa
ser aprovado pelo Congresso.
O presidente pode propor projetos de lei, mas precisa encaminhá-los para a aprovação
do Congresso Nacional. Ele é o único que pode propor modificações em determinados
setores, especialmente naqueles envolvendo cargos e efetivos das Forças Armadas e da
administração direta, como a criação de novos Ministérios.
O presidente é o único que pode criar as chamadas Medidas Provisórias, “leis
temporárias” que só podem continuar em vigor se aprovadas pelo Congresso. Elas não
podem ter relação com direitos políticos, eleitorais ou penais. Por exemplo, se o
presidente defende a redução da maioridade penal, ele pode enviar uma proposta ao
Congresso, mas não pode determinar a alteração da lei por meio de medidas.
O presidente pode vetar a criação de uma nova lei integralmente ou parcialmente.
Mesmo assim, a lei pode ser aprovada se o Congresso decidir levá-la adiante e obtiver
aprovação da maioria absoluta dos deputados e senadores em uma votação que derrube o
veto.
Na foto: Marechal Deodoro da Fonseca – primeiro presidente do Brasil

Leia também:
Conheça as atribuições do Congresso Nacional >>>
Conheça as atribuições de um senador >>>
Conheça as atribuições de um deputado federal >>>
Conheça as atribuições de um governador >>>
Conheças a atribuições de um deputado estadual >>>
Conheça as principais atribuições dos prefeitos e vereadores >>>

Saiba mais sobre a Presidência da República clicando aqui >>>