“Sinto vergonha de mim”

“Sinto vergonha de mim”

vergonhaPor Amorim Sangue Novo

Que me perdoem os leitores por usar parte do texto do Águia de Haia, mas de fato, sinto vergonha de mim por haver votado nos políticos que estão aí e, assim como uma avestruz me sinto com vontade de enviar a cara no buraco. Quando na verdade quem deveria enfiar a cabeça seriam eles, os políticos vencedores nas urnas ou ainda os eleitores que, mal informados ou não cautelosos distribuem seus votos de modo a fazer com que eu me sinta envergonhado de ter que fazer a citação abaixo em minhas redes sociais:

“SESSÃO DA CÂMARA DE PANORAMA NESTA TERÇA (29) FOI ENCERRADA ÀS 20 E 29. OU SEJA, COM APENAS 29 MINUTOS DE DURAÇÃO. DESTES 29 MINUTOS 9 FORAM DE FALA REPETITIVA DO Suli Aissami E, DURANTE ESTE PERÍODO DA FALA CAIU DE 6 PARA 3 O NÚMERO DE PESSOAS ASSISTINDO PELO SITE DA CÂMARA.
AUSENTARAM-SE ALEX CHINA E ANDREZINHO.
NA OCASIÃO HOUVE UMA INDICAÇÃO DO Joao Antonio Silva Neto Joaozinho, UMA DO Tiao Pescador E TRÊS DA Luciana Ferreira.AGORA ENTENDO O PORQUÊ DE HAVER EM PANORAMA O MESMO NÚMERO DE CANDIDATOS A VEREADORES QUE EM DRACENA. AGUARDEM MATÉRIA SOBRE O ASSUNTO NO SEM MEDO DA VERDADE.”

Obs.: Os nomes citados em minúsculo e linkados são de três dos nove vereadores da cidade de Panorama

Abaixo Rolando Boldrin interpreta o texto de Rui Barbosa