Região de Presidente Prudente terá desligamento de TV análoga em 2017

tvApós ter sido adiado de junho de 2016 para dezembro de 2018, pelo fato de boa parte das famílias ainda não têm conversores ou TVs digitais em casa, a Anatel, através de sua assessoria de imprensa, está enviando aviso de pauta aos jornalistas, sobre a coletiva a respeito do início da campanha obrigatória.

No final de setembro de 2014, através de nosso blog Panô City fizemos a divulgação do desligamento de TV análoga nas cidades, reveja abaixo.

Quando a TV analógica será desligada na sua cidade

Transição para sinal digital começa em 2015 e termina em novembro de 2018.

Para o desligamento, pelo menos 93% dos domicílios precisam captar sinal digital.

25 de junho de 2017: Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre
30 de julho de 2017: Salvador, Fortaleza e Recife
27 de agosto de 2017: Campinas e Ribeirão Preto
24 de setembro de 2017: Vale do Paraíba e Santos
29 de outubro de 2017: Interior do RJ e Vitória
26 de novembro de 2017: São José do Rio Preto, Bauru e Presidente Prudente
1º de julho de 2018: Manaus, Belém e São Luís
29 de julho de 2018: Natal, João Pessoa, Maceió, Aracaju e Teresina
26 de agosto de 2018: Campo Grande, Cuiabá e Palmas
25 de novembro de 2018: Porto Velho, Macapá, Rio Branco e Boa Vista

Todas as cidades não listadas acima terão o sinal desativado em 25 de novembro de 2018.

Com esta decisão governo adiou o fim da TV analógica pelo menos duas vezes.

Aviso de pauta aos jornalistas

“A Anatel realiza nesta terça-feira, 7 de abril de 2015, em sua sede, em Brasília, entrevista coletiva à imprensa a respeito do início da campanha obrigatória de divulgação do término das transmissões analógicas da TV aberta. A partir do próximo do dia 8 de abril de 2015, os moradores de Rio Verde (GO) e da região do Distrito Federal começarão a ser avisados sobre o início da contagem regressiva para o fim dessas transmissões. Em novembro de 2015, as transmissões nesse formato devem ser encerrar em Rio Verde, escolhida como cidade-piloto. Em abril de 2016, o mesmo ocorrerá no Distrito Federal e em onze cidades goianas e mineiras localizadas em suas imediações. Com o desligamento, a programação da TV aberta estará disponível tão somente em formato digital, que permitirá aos telespectadores continuar assistindo aos seus programas com maior qualidade de som e imagem. A digitalização da TV aberta traz ainda outras vantagens, como suporte à recepção móvel, multiprogramação e interatividade. Há um cronograma de desligamento do sinal analógico da TV aberta que vai até 2018, de modo que todo o País passará por este processo. No espaço de radiofrequência usado pela TV analógica, será prestado o serviço móvel de quarta geração.

Entrevista coletiva à imprensa
Data: 07/04/2015
Horário: 10h
Local: Sede da Anatel (Setor de Autarquias Sul, Quadra 6, Bloco E, 2º andar, miniauditório, Brasília, Distrito Federal)”

Da redação – Imagem: Google

 

Sobre Amorim Sangue Novo

Amorim Sangue Novo, é jornalista--Mtb/SP 59858, contador-CRC/SP 842.156 e especialista em hardware (Desenvolvedor Microsoft). Foi colunista no jornal interno da Lion/Caterpillar, criou e foi redator chefe do jornal interno da Adubos Vianna e é Ex-Diretor de Trânsito na cidade de Panorama. Diretor na Amorim Informática e Jornalismo. atua como editor dos sites Jornal Digital Panô City -www.panocity.com.br- e Sem medo da verdade -www.semmedodaverdade.com.br- e mantém páginas em diversos outros sites e blogs.
Esta entrada foi publicada em Amorim Sangue Novo, Notícias e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.