Record quebra blindagem de Aécio Neves e denuncia seu tesoureiro

Cada vez mais a Globo tente ocultar, a Record tem se superado e levado as informações de modo real a seus telespectadores

“Embora a Globo tenha decidido ignorar as delações da Odebrecht contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), acusado de comandar pessoalmente um esquema de propinas na Cidade Administrativa, uma obra de R$ 2,1 bilhões, a Record decidiu ocupar o espaço vago; na mais recente reportagem, o foco é em Oswaldo Borges
da Costa, tesoureiro pessoal de Aécio, que, segundo a Odebrecht, seria o responsável pela arrecadação dos recursos ilícitos; Aécio deverá ser um dos primeiros alvos da procuradoria-geral da República, na nova fase da Lava Jato”

Leia a matéria completa clicando aqui >>>