Qual é o seu grau e honestidade?

Qual é o seu grau e honestidade?
qual-seu-grau-de-honestidade“A minha mãe me ensinou que não devo roubar e se vir alguém roubando devo avisar a polícia.
Se ela me assistir pela TV lá no Maranhão vai ver que o filho dela ainda é uma das pessoas honestas deste mundo”
(Rejaniel de Jesus Silva Santos – catador de material reciclável)

Veja também:

A honestidade em Estocolmo
Conta a história que o professor João Adalberto Guimarães,  brasileiro em um intercâmbio na Europa, entrou numa estação de metrô em Estocolmo, capital da Suécia.
Ele notou que havia, entre muitas catracas normais e comuns, uma de passagem grátis livre.
Então questionou à vendedora de bilhetes o porquê daquela catraca permanentemente liberada, sem nenhum segurança por perto.
Ela, então, explicou que aquela era destinada às pessoas que, por qualquer motivo, não tivessem dinheiro para o bilhete da passagem.
Com sua mente incrédula, acostumada ao jeito brasileiro de pensar, não conteve a pergunta, que para ele era óbvia:
– E se a pessoa tiver dinheiro, mas simplesmente não quiser pagar?
A vendedora, espremeu seus olhos límpidos azuis, num sorriso de pureza constrangedora:
– Mas por que ela faria isso?
Sem resposta, ele pagou o bilhete e passou pela catraca, seguido de uma multidão que também havia pago por seus bilhetes…
A catraca livre continuou vazia.

Leia também
Achado não é roubado; mas não devolver é crime >>>