Pau que bate em Chico deveria bater em Francisco

Imagem retirada do vídeo por Amorim Sangue Novo

“Assista a reportagem com pouco mais de sete (07) minutos e perceba o motivo de tantos paraenses sentirem-se envergonhados pela atuação vexatória do deputado que usou um lançador de confetes no impeachment de Dilma, tatuou o nome de Temer com hena, dizendo que pagou R$ 1.200,00 pelo serviço, para depois ser obrigado a assumir que tudo não tinha passado de uma grande mentira. Na mesma semana, quando ocorria a votação do processo que poderia ter afastado Temer do poder, Wlad foi flagrado pedindo fotos de bundas para duas mulheres em seu whatsapp e está sendo ameaçado de ser processado por assédio contra uma jornalista, que lhe indagava sobre a falsa tatuagem que ele teimava em afirmar ser verdadeira. Tudo isso em menos de duas semanas.”
Postado no blog do Diógenes Brandão