Os “três patetas” e Miguel do Rosário

Os “três patetas” e Miguel do Rosário

O jornalista Miguel do Rosário, no site O Cafezinho usou o termo “três patetas”, em matéria referente à tentativa de “invasão da Venezuela por parte dos senadores brasileiros, intitulada “Aécio e mais três patetas pagam o mico do milênio”!” usou frases marcantes e faço questão de trazer ao conhecimento dos meus leitores.

Leia abaixo:

“Aécio Neves é tão incompetente, tão preguiçoso, que desistiu de visitar Leopoldo Lopez, o terrorista & golpista venezuelano, porque ficou – acredite se quiser – preso num engarramento!”

“A troco de quê ele fugiu tão rápido?”

“O governo venezuelano tinha total interesse que o encontro tivesse acontecido, justamente para desmascarar esse jogo sujo de acusações contra o país, tentando pintar uma das democracias mais avançadas do continente como “violadora de direitos humanos.”“.

“Como é um irresponsável, Aécio – com ajuda da mídia golpista brasileira – já começou a querer transformar o seu fiasco internacional num acidente diplomático.”

“Por favor, alguém explique a Aécio que ele perdeu as eleições e, portanto não pode ditar as relações internacionais do Brasil com nenhum outro país!”

“Aécio, Ronaldo Caiado, Agripino Maia, todos sempre desrespeitaram a liberdade de imprensa e expressão em seus estados. Não tem moral nenhuma para invadir outros países exigindo o que eles não fazem em casa.”

“A Constituição Brasileira determina o respeito à soberania dos povos, a busca pela paz, etc, o que é exatamente o contrário do que deseja Aécio.”

“Se ele tentar insuflar o senado e a opinião pública brasileira contra a Venezuela, para desviar a atenção do seu fracasso patético, então é um bandido internacional!”

“Aviso aos coxinhas: chamar o presidente da Venezuela, eleito com margem apertada de votos em 2012, de “ditador”, é prova de profunda ignorância, ou má fé. Podem xingá-lo à vontade, mas ele é presidente eleito pelo sufrágio universal, num país democrático.”

“De qualquer forma, acreditando ou não na versão do governo, e mesmo que se admita que Venezuela tem seus problemas, e é claro que os tem, assim como o Brasil tem os seus (muitos!), a questão democrática no país não é um deles.”

“Jornais de oposição, numa banca do centro. Observe a manchete do Tal Cual, acusando Maduro de “tortura”

Que merda de ditadura é essa em que a imprensa é livre, há eleições constantes, a oposição tem total liberdade até trazer senadores de outros países para visitar o que eles chamam de “presos políticos”?”“

“José Dirceu e Genoíno, que também se consideram presos políticos, podem receber visitas de senadores de outros países?”

“Os meios de comunicação do Brasil tem pavor da Venezuela porque eles aprovaram uma lei que obriga todos os canais de TV a darem 10 minutos por dia ao governo.

Imagine se o governo do Brasil tivesse dez minutos por dia para defender suas ações e projetos? Faríamos a nossa revolução democrática!”

Leia matéria completa clicando aqui >>>

Sobre Amorim Sangue Novo

Amorim Sangue Novo, é jornalista--Mtb/SP 59858, contador-CRC/SP 842.156 e especialista em hardware (Desenvolvedor Microsoft). Foi colunista no jornal interno da Lion/Caterpillar, criou e foi redator chefe do jornal interno da Adubos Vianna e é Ex-Diretor de Trânsito na cidade de Panorama. Diretor na Amorim Informática e Jornalismo. atua como editor dos sites Jornal Digital Panô City -www.panocity.com.br- e Sem medo da verdade -www.semmedodaverdade.com.br- e mantém páginas em diversos outros sites e blogs.
Esta entrada foi publicada em Amorim Sangue Novo, Comportamento, Opinião, Política e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.