Os problemas do Brasil vêm de baixo

Os problemas do Brasil vêm de baixo

Do povo que se omite e não cobra ações dos governantes, dos vereadores que não fiscalizam os atos dos prefeitos e dos prefeitos que, até por falta de conhecimento cultura e escolaridade, , se omitem, negligenciam, intimidam e pressionam funcionários públicos, desviam recursos e na grande maioria das vezes desviam recursos que os estados e União liberam para ser administrados por eles.

O que vejo é que boa parte da mídia, às vezes é “compradas” e, em alguns casos, em troca de benefícios, usam de artifícios para exaltarem a figura destes maus gestores e com isto a municipalidade, até por não acompanhar os trabalhos das Câmaras e dos prefeitos, às vezes chegam até a enaltecerem a figura destes.

Urgem ações dos munícipes em se manifestarem junto aos órgãos de defesa, cobrança aos vereadores, denúncias à mídia séria e imparcial e aos governos estadual e federal. Cabe ainda aos moradores que se sentirem lesados em seus direitos e necessidades, entrar com denúncia formal junto ao Ministério Público através da promotoria local.

Leia também:

Conheça as principais atribuições dos prefeitos e vereadores >>>  
Prefeitos não geram receitas e ficam com “pires da mão” >>>  
Direito à saúde – Isto interessa a todos >>>  
Prefeitura de Panorama descuida dos bens do público >>>  
Deputado Bragato reforça pedido e governador libera recursos para municípios >>>  
Prefeituras paulistas recebem R$ 729 milhões em repasses de ICMS >>>

Sobre Amorim Sangue Novo

Amorim Sangue Novo, é jornalista--Mtb/SP 59858, contador-CRC/SP 842.156 e especialista em hardware (Desenvolvedor Microsoft). Foi colunista no jornal interno da Lion/Caterpillar, criou e foi redator chefe do jornal interno da Adubos Vianna e é Ex-Diretor de Trânsito na cidade de Panorama. Diretor na Amorim Informática e Jornalismo. atua como editor dos sites Jornal Digital Panô City -www.panocity.com.br- e Sem medo da verdade -www.semmedodaverdade.com.br- e mantém páginas em diversos outros sites e blogs.
Esta entrada foi publicada em Amorim Sangue Novo, Opinião, Política e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.