Não precisa me dizer com quem andas!

Deputado Evandro Gussi sofre repúdio nas redes sociais por haver votado contra os anseios do povo e por assinar nota de manifesto de desagravo ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, agora preso após a Polícia Federal a qual encontrou diversas malas com mais de 51 milhões em seu apartamento em Salvador

O líder do PP, Aguinaldo Ribeiro, Geddel Vieira Lima, os líderes do PTB, Jovair Arantes, e do PV, Evandro Gussi durante coletiva sobre a reunião de líderes com Michel Temer (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Matéria relativa:
PPS, partido do novo ministro da Cultura, se recusa a assinar nota de apoio a Geddel >>>

Governo liberou R$ 134 milhões em emendas a deputados pró-Temer >>>

Veja também:
Momento da prisão de Geddel Vieira Lima >>>

Imagens relativas: