Falar algo que não seja contra o governo Dilma pode ser uma temeridade

Falar algo que não seja contra o governo Dilma pode ser uma temeridade
samuel rosaPor Amorim Sangue Novo
Confesso que nunca fui adepto do tipo de música que faz o Grupo Skank, porém não tenho nada contra. Com relação às ações pessoais de alguns deles prefiro não opinar, pois sempre defendi o livre arbítrio.

Porém, independentemente da declaração abaixo, tenho visto um certo amadurecimento do líder do grupo, Samuel Rosa e, este seu pronunciamento reflete exatamente o que vejo no país.

Leia trecho publicado no Brasil/247
“Tenho idade suficiente para ver que o Brasil mudou muito de 20 anos para cá. Não que eu esteja satisfeito, mas tivemos ganhos. Algumas coisas melhoraram muito”; segundo ele, nunca se falou tanto sobre corrupção, condenou tanta gente”; “Eu manteria a Dilma até acabar o mandato dela. É uma instituição democrática. E não pesa contra ela nada, de que roubou” Samuel Rosa diz ainda que sente “certo receio de ser apedrejado” ao analisar o país.
Leia matéria completa clicando aqui >>>