Dracenenses querem redução de salário dos vereadores

Dracenenses querem redução de salário dos vereadores
comindra na camafra de dracena

No início da gravação onde cito 1,5% do SM, entenda-se 1,5 SM

Comindra protocolou projetos para redução de salários e vereadores, nesta manhã
“O Conselho Maçônico da Dracena (Comindra) protocolou hoje (25), às 11h, na Câmara Municipal de Dracena, dois projetos de lei (PLs) de iniciativa popular para redução do número e subsídios dos vereadores a partir da próxima legislatura, em 2017.
Nos PLs, o Comindra informa que Dracena possui hoje 34.290 eleitores, sendo necessário para um PL de iniciativa popular, 5% deste eleitorado que corresponde a 1.715 eleitores.
Conforme os documentos, 4.217 eleitores dracenenses subscreveram os projetos de iniciativa popular para redução ao número de vereadores (de 13 para 09), assim como os subsídios, de R$ 4.473,68 (brutos) para R$ 1.320,00 que corresponde a 1,5 salário mínimo.
No mesmo sentido e com o mesmo parâmetro, os projetos incluem a redução no salário do vereador que estiver ocupando a presidência da Câmara Municipal.
O detalhe que chamou a atenção foi a chegada do vereador Pedro Gonçalves Vieira (Pedro Trabuco) que passou de cabeça baixo por entre os presente e não cumprimentou ninguém.
Estiveram presentes ao ato os presidentes das 4 Lojas de Dracena: Patriarca da Independência, 2 de Julho, União Justiça e Amor e Acácia do Oeste, Marcelo Costa dos Santos, Antonio Angelotti Neto, José Laerte Inácio dos Santos e Irani Vazoller (Gaúcho), respectivamente além de Maçõns.”

Postado originalmente no blog do Jorge Zanoni