Amorim faz Curso de Formação Política e “tira onda” com amigo

Amorim faz Curso de Formação Política e “tira onda” com amigo

livros livros amorim sangue novoPor Amorim Sangue Novo

Desde quando anunciei em um de meus sites que iria “dar um tempo” para prestar exames para o Curso de Formação Política, recebi diversos e-mails e mensagens de apoio, outras de críticas e até de um político citando que, entre outras baboseiras citou que: “meu lugar você não vai tomar”.

Quero acreditar que esta pessoa estava fazendo uma brincadeira, posto que cargo político não se adquire, se conquista, apesar de que há muitos candidatos que “adquirem” através de compra de votos, seja de forma financeira ou através de promessas.

Um dos e-mails que mais me chamou a atenção foi a do meu amigo Souza Mello, hoje morando em Dallas, estado do Texas, nos EEUU, o qual estudou juntamente comigo nos anos de 1983.

Claro que, devido nossa amizade o Souza, a título de brincadeira, usou de uma introdução que me deu margem para dizer que não sou velho, apenas sou um jovem senhor envelhecido, porém não alquebrado e, como disse o poeta, cantor e compositor, Raul Seixas “Eu é que não me sento no trono de um apartamento, com a boca escancarada, cheia de dentes, esperando a morte chegar” e, quanto ao corvo, contra ele não usarei de violência, mas meu estilingue está sempre armado para uma possível defesa.

Abaixo o conteúdo do e-mail:
“Meu caro amigo Amorim,
Você sabe o carinho e respeito que tenho por você, inclusive por nossa amizade de longos anos, por isto me dou a liberdade de te fazer a seguinte pergunta: Você nunca parou de estudar mas agora que já está no bico do corvo, acha mesmo de que deve continuar desperdiçando seu tempo com estudos que quem sabe nunca irá aplicar, ou vc. está pensando em se candidatar a algum cargo político?
Sei de sua capacidade e empenho em tudo o que se dedica, inclusive tive provas disto quando estudamos juntos, inclusive por dois tipos de cursos mas quero lembrar que em política é diferente pois não dependemos exclusivamente de vc. até porque depende de conchavos coisa que como sei vc. não é adepto. Ademais lidar com politicos é estar no meio deles e vc. nunca se propos a isto. Por isto vou te dizer uma coisa: Vai jogar bingo veio. (RS)
Pelo seu humor sempre à flor da pelo e seu espirito satirico acredito que vai me responder tirando um sarro, mas vc. Sabe também que é tudo brincadeira minha e espero que tudo corra bem e vc. tenha sucesso não só nos estudos como tb. Na candidatura.
Um forte abraço.
Souza Mello”

Resposta:
Bem meu amigo Souza, parte de sua mensagem já foi respondida no preâmbulo.
Quanto a me candidatar a algum cargo político, não posso afirmar se sairei candidato ou não, até porque, não jogo pra perder e, além disto, tudo irá depender de minhas aspirações serem aprovadas pelo partido ao qual estou filiado, porém como você mesmo citou depende de conchavos e às vezes até de acordos, às vezes até espúrios, aos quais não me proponho.

Mas caso decida sair candidato creio que o farei de forma a levar meus eleitores a acreditarem em minha real postura política que deveria ser adotada por todos os políticos e este mesmo procedimento será por mim adotado durante todo um possível mandato.

Projetos audaciosos e contraditórios aos interesses dos políticos de plantão, já os tenho, porém são projetos que vêm de encontro aos interesses dos eleitores e principalmente aos de menos poder financeiro.

Posso adiantar que minha prioridade é o incentivo à escolaridade, à cultura (inclusive dos políticos e/ou candidatos) e principalmente um tratamento mais amplo e humanizado às pessoas com problemas de saúde. Outrossim, não descarto a idéia de que há uma ampla distorção entre os subsídios e benefícios dos políticos em geral e a dos funcionários públicos e trabalhadores em geral, o que será também uma de minhas bandeiras para melhor aproximação financeira e horário de trabalho dos políticos. Portanto sou totalmente a favor de uma redução de subsídios e melhor distribuição, principalmente a favor dos servidores públicos.

Quanto a jogar bingo a idéia não é má, porém não sou afeito a jogos de azar e, por respeitar e seguir os sete pecados capitais a usura não faz a minha cabeça.

Enfim Souza, a minha intenção em fazer o curso, o qual já terminei e passei a já tenho o certificado, é o de aprimorar meus conhecimentos, visto que sou um jornalista crítico em política e não irei parar por aí, pois já comecei a fazer também o curso de Ciência Política da USP.

Um forte abraço extensivo aos familiares

Sobre Amorim Sangue Novo

Amorim Sangue Novo, é jornalista--Mtb/SP 59858, contador-CRC/SP 842.156 e especialista em hardware (Desenvolvedor Microsoft). Foi colunista no jornal interno da Lion/Caterpillar, criou e foi redator chefe do jornal interno da Adubos Vianna e é Ex-Diretor de Trânsito na cidade de Panorama. Diretor na Amorim Informática e Jornalismo. atua como editor dos sites Jornal Digital Panô City -www.panocity.com.br- e Sem medo da verdade -www.semmedodaverdade.com.br- e mantém páginas em diversos outros sites e blogs.
Esta entrada foi publicada em Amorim Sangue Novo, Cultura, Opinião, Política e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.