Aécio negociou fraude em licitação, afirma BJ

Segundo publicação da Folha, Benedicto Júnior disse que se reuniu com Aécio Neves para tratar de um esquema de fraude

Ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Júnior afirmou em sua delação premiada à Lava Jato que se reuniu com Aécio Neves (PSDB-MG) para tratar de um esquema de fraude em licitação na obra da Cidade Administrativa para favorecer grandes empreiteiras.

A reunião, segundo o delator, ocorreu quando o tucano governava Minas.

Benedicto Júnior, conhecido como BJ, disse aos procuradores que, após o acerto, Aécio orientou as construtoras a procurarem Oswaldo Borges da Costa Filho.

De acordo com o depoimento, com Oswaldinho, como é conhecido, foi definido o percentual de propina que seria repassado pelas empresas.

Resposta
Em nota, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) repudiou o teor da delação premiada de Benedicto Júnior, ex-diretor da Odebrecht Infraestrutura.

O ex-governador de Minas disse que “defende o fim do sigilo sobre as delações homologadas para que todo conteúdo seja de conhecimento público”.

“E que as pessoas mencionadas possam se defender, uma vez que é impossível responder a especulações, interpretações ou informações intencionalmente vazadas por fontes não identificadas”, afirmou o tucano.

A delação da Odebrecht foi homologada pela presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Carmén Lúcia, na segunda-feira (30). Ela manteve o sigilo dos depoimentos.

Aécio disse que desconhece o conteúdo do que classifica de “suposta delação”.

“As afirmações relatadas são falsas e absurdas”, afirmou.

Segundo a nota do tucano, as informações obtidas pela reportagem “reproduzem assunto recorrente e sobre o qual o senador já se manifestou anteriormente”.

E afirma: “O edital de construção da Cidade Administrativa foi previamente apresentado ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado e as obras auditadas durante sua execução por empresa independente contratada via licitação pública, não tendo sido apontada qualquer irregularidade durante todo o processo”.

Leia também:
Aécio Neves, as overdoses dentro do palácio do governo e o nióbio >>>

Sobre Amorim Sangue Novo

Amorim Sangue Novo, é jornalista--Mtb/SP 59858, contador-CRC/SP 842.156 e especialista em hardware (Desenvolvedor Microsoft). Foi colunista no jornal interno da Lion/Caterpillar, criou e foi redator chefe do jornal interno da Adubos Vianna e é Ex-Diretor de Trânsito na cidade de Panorama. Diretor na Amorim Informática e Jornalismo. atua como editor dos sites Jornal Digital Panô City -www.panocity.com.br- e Sem medo da verdade -www.semmedodaverdade.com.br- e mantém páginas em diversos outros sites e blogs.
Esta entrada foi publicada em Amorim Sangue Novo, Notícias, Política e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.