Vacinas deverão ser aplicadas em Dracena durante esta semana

 Intensificação de vacinas contra o HPV, a Meningite C e a Hepatite B será realizada no Oeste Paulista

Campanha tem início nesta segunda-feira (24) e segue até o dia 28 de julho, em Presidente Prudente e em Dracena.

No período de 24 a 28 de julho, a Vigilância Epidemiológica Municipal (VEM) realiza uma intensificação das vacinas contra o HPV, a Meningite C e a Hepatite B (adulto). As duas primeiras para adolescentes de ambos os sexos e a última para todas as faixas etárias, e não somente para pessoas com até 49 anos.

A intensificação ocorre por determinação da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. A população-alvo abrange adolescentes de 9 anos a 14 anos e adultos em geral. A intenção é imunizar especialmente pessoas com 60 anos ou mais e que não estavam inclusos na cobertura vacinal da Hepatite B.

A vacinação será oferecida em todas 26 salas de vacinação do município, que funcionam em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Estratégias de Saúde da Família (ESF). O atendimento é feito das 7h30 às 16h30 e basta comparecer com a caderneta de vacinação e o documento pessoal.

De acordo com a diretora da VEM, Elaine Bertacco, o objetivo da campanha é atualizar a caderneta de vacinação, uma vez que a imunização da Menigite C era oferecida apenas pela rede particular.

A VEM explica que a vacina para Meningite C será disponibilizada para adolescentes que ainda não foram imunizados, assim, receberão a dose única. Já aqueles que receberam a vacina até um ano de idade terão direito à dose reforço.

O público-alvo da vacina contra o HPV é formado por meninas entre 9 e 14 anos de idade e meninos com idades entre 11 e 14 anos. A imunização para Meningite, a vacina meningocócica, abrange meninos e meninas com idades entre 12 e 13 anos de idade.

Já em relação a vacinação de Hepatite B, com a campanha de intensificação, a dose será oferecida para todas as faixas etárias. Antes da intensificação a vacina era oferecida apenas para pessoas com até 49 anos.

Em relação à vacina contra a Hepatite B a VEM ressaltou que o esquema completo consiste de três doses. As pessoas estarão protegidas apenas se estiverem com o esquema completo.

Dracena
A intensificação de vacinas contra o HPV, a Meningo C e a Hepatite B também será feita em Dracena. No mesmo período

A Secretaria Estadual de Saúde do Estado de São Paulo está intensificando a partir do dia 24 de julho até o dia 28 de julho de 2017 a Vacinação contra o HPV, a Meningo C e a Hepatite B.

Tomarão a vacina contra o HPV meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos; o Meningo C para adolescentes de 12 a 13 anos; e Hepatite B para pessoas a partir de 9 anos.

Para estar imunizado contra a Hepatite B são necessárias três doses da vacina. Se a pessoa tiver uma ou duas doses da vacina, basta procurar o Centro de Saúde para completar o esquema vacinal.

A Sala de Vacina estará aberta das 7h às 15h, no Centro de Saúde I Doutor Takashi Enokibara, em Dracena.

Da redação com G1

 

Integrantes do PT de Dracena recebem visita do deputado “Barba”

Nesta quinta, (20) deputado estadual Teonílio Monteiro da Costa, o Barba, manteve encontro com integrantes do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores (PT), na cidade de Dracena, objetivando manter relações com os filiados locais

Assentados do Nova Canaã

Barba também participou de um almoço em um restaurante da cidade e se dispôs a responder a diversas perguntas dos integrantes da imprensa e em seguida se dirigiu para uma reunião com os integrantes do assentamento Nova Canaã, no distrito de Jaciporã.

Veja informações do diretório de Dracena:
“DEPUTADO ESTADUAL TEONILIO BARBA: A LUTA DOS TRABALHADORES
O deputado estadual Teonílio Barba, conhece a luta da classe trabalhadora desde os 7 anos de idade, quando começou a trabalhar em um antigo lixão, em São Bernardo do Campo, para ajudar no sustento da família. Mais tarde chegou a trabalhar como moveleiro e tapeceiro. Foi trabalhador na Volkswagen por 5 anos, passando depois para a Ford, onde ficou por mais 25 anos até se aposentar. Foi como metalúrgico no chão de fábrica que descobriu sua verdadeira vocação: a luta pelos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

Barba elegeu-se em 2014 deputado estadual com 95.156 votos em todo o estado de São Paulo. Sua base de atuação está em São Bernardo do Campo, onde mora desde criança e também território de sua militância no movimento sindical, mas compreende que um deputado estadual deve legislar para a população de todo o estado.

Apesar de estar em seu primeiro mandato, é considerado um parlamentar amplamente produtivo. Nesses quase 3 anos de mandato, já apresentou 17 Projetos de Lei, foi coautor de outros 6 PL e participou da coautoria de 11 Propostas de Emenda Constitucional.

Também esteve a frente de iniciativas importantes para a discussão de temas relevantes para uma sociedade mais justa. Criou a Frente Parlamentar da Economia Solidária, assunto que até então não havia sido discutido dentro da Assembleia Legislativa de São Paulo, apesar de já existirem iniciativas importantes em âmbito nacional e em alguns municípios, incluindo a própria

capital de São Paulo, reconhecendo a Economia Solidária como uma política pública que é alternativa para a geração de emprego e renda.
Por se destacar em sua atuação, Barba se tornou um protagonista natural em debates relacionados a classe trabalhadora, tanto que preside pela segunda vez a Comissão de Administração Pública e Relações do Trabalho, além de ser membro efetivo da Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa.

Em 20 de Junho, Barba apresentou uma nova iniciativa de seu mandato na representatividade da classe trabalhadora, instalou a Frente Parlamentar contra o desmonte da previdência pública e em defesa dos direitos da classe trabalhadora. O objetivo é fazer com que a Assembleia Legislativa assuma uma postura em relação as reformas da previdência e trabalhista, assunto que tem mobilizado a opinião nacional e que afeta a vida de todos os brasileiros e brasileiras.”

Na foto principal, Ulysses Pannes;  Zeni Beneti; Moisés Bianchi (coordenador do Nova Canaã), Barba e vereador Higor Tossato/PDT

Matérias relativas:
PMDB, PSDB, DEM e PDT perdem filiados, enquanto PT cresce >>>

Eu entendo, mas não entendo, Michel Miguel

Ao mesmo tempo que o presidente aumentou as alíquotas de alguns impostos e contribuições, em busca de apoio no Congresso, liberou 1 bilhão de reais  para projetos apresentados por parlamentares em suas bases eleitorais para barrar a denúncia criminal contra ele pelo Ministério Público

Matérias relativas:
Evandro Gussi, ao contrário de Izaque Silva, mostra fidelidade a Temer >>>
‘População vai entender’, diz Temer sobre aumento de impostos >>>