Temer assina prorrogação do Programa Mais Médicos

Temer assina prorrogação do Programa Mais Médicos

programa-mais-medicosLembram do programa Mais Médicos que todos conhecem como um programa para trazer médicos cubanos, quando na verdade são médicos de todo o mundo? Lembram que todos os partidos políticos, entidades representativas dos médicos e outros faziam críticas à presidenta Dilma? Lembram que a Rede Globo ligou o programa ao comunismo? Lembra que muitos de vocês acreditaram nestas fantasias e também, às vezes até na ignorância dizia que os médicos brasileiros eram em número suficiente, mas que, em qualquer cidade brasileira, não têm medico a disposição, até por, na maioria dos casos, por negligência dos mesmos e até com anuência dos prefeitos? Pois é… O #foraTemer, acabou de assinar lei que prorroga o Programa por mais três anos. Será que agora a Globo irá taxar o #foraTemer de comunista

A lei foi assinada nesta segunda (12/09) e deverá ser publicada na edição desta terça (13/09) do “Diário Oficial da União”.

Conheça o Programa Mais Médicos clicando aqui >>>

uiz manda instaurar inquérito para investigar aliados de Juliano Bertolini por crime eleitoral

Baseado em uma representação feita pelo presidente do Diretório Municipal do PSDB de Dracena, Mario Buccironi, o juiz eleitoral Marcus Frazão Frota pediu a instauração de um inquérito policial para investigar a conduta de cinco pessoas ligadas ao candidato da oposição Juliano Bertolini (PTN) pela suposta prática de crime eleitoral. A coligação Transforma Dracena de Bertolini e os partidos que a compõem também são acusadas na representação judicial.

Os representados na ação, ou seja, alvos da acusação são: o presidente municipal do PTN, Marco César de Souza, conhecido como “Marquinho”; o ex-diretor do Senai e candidato a vereador pelo PDT, Nestor Tobias Filho; o radialista, jornalista e ex-diretor de comunicação da Prefeitura, Valério Dantas; o professor Valter Fernandes, conhecido como “Prexeca”; além do candidato a prefeito por duas vezes, André Lemos.

A decisão do juiz aconteceu no último dia 5, junto com a emissão do ofício para a instauração do inquérito na Delegacia Seccional, segundo o juiz, porque há “indícios, em tese, de crime eleitoral”. O número da representação judicial é o 31578.2016.626.0149 e pode ser parcialmente consultada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Por meio de uma fonte, o Cidade do Futuro teve acesso a parte do material que compõe a acusação contra os aliados de Juliano. Entre as alegações estão articulações feitas entre os acusados em que, por exemplo, Valter e Valério  supostamente combinam de adulterar um print de uma mensagem que receberam com o resultado de uma pesquisa em que José Pedretti (PSDB), adversário de Bertolini, supostamente estaria na frente.

Os dois combinam de alterar os supostos resultados como se Juliano estivesse na frente do concorrente no levantamento, e alguém da campanha de Pedretti, que na verdade não existia, estivesse comentando abaixo dos números como se estivesse desesperado com o panorama dos dados.

Valter pede: “Valerio inverte a pé de da pesquisa o Juliano está em baixo ponha em primeiro (sic)”, disse. Após a troca de várias versões da mensagem sobre a pesquisa adulterada, Valter diz sobre a versão final: “Vou passar nos grupos”. Valério responde: “Vamos dizer que recebemos”.

Em outro trecho, comentando sobre a cassação do mandato do vereador Rodrigo Castilho (PSDB) por infidelidade partidária, Valter pediu: “Solta que perdeu os direitos políticos e o povo não vota”. Na verdade, Castilho teve apenas o mandato atual cassado por ter trocado o PSD, que hoje faz parte da coligação do Professor Juliano pelo PSDB de Pedretti, e pode concorrer normalmente em 2016.

Em outro momento, Valério ainda apresenta uma montagem apócrifa, ou seja, sem identificação do autor, em que cria um diálogo falso sobre uma foto de Pedretti com o governador Geraldo Alckmin, com o objetivo de confundir o eleitor e fazer com que ele pense que o atual prefeito venderia a Emdaep para a Sabesp. O presidente do PTN, Marco Cesar Souza, ao ver a montagem, diz: “Gostei. Isso vai dar estrago”. “Fiz porque estão espalhando que o Juliano vai trazer a Sabesp”, respondeu Valério no material que o Cidade do Futuro teve acesso.

Em outros diálogos, os acusados ainda combinam a criação de posts com acusações a gestão de Pedretti, como processos no Tribunal de Contas do Estado (TCE), com o objetivo de viralizar nas redes sociais em perfis fakes. Parte dos posts contidos nos diálogos, inclusive com a mesma arte e conteúdo, estão publicados no perfil João Antunes e na página de Olho em Dracena do Facebook, ambas apócrifas.

O caso está com o Ministério Público e os acusados, caso seja aberto o inquérito policial, poderão se defender. O Cidade do Futuro está aberto para ouvir alegações dos representados para que possam dar suas versões sobre os fatos.

Em uma representação do MPE, Pedretti foi condenado a pagar R$ 5 mil de multa por propaganda antecipada, conforme publicou o Cidade do Futuro

Postado originalmente no site Cidade do Futuro

Conheça a história do Brasil – Dia da Independência

Conheça a história do Brasil – Dia da Independência

1Nesta quarta, sete de setembro, veja três matérias muito importantes sobre a Independência do Brasil.

1- O Filme Independência ou Morte, com Tarcisio Meira e Glória Menezes >>>

2- A matéria Você sabe o porquê do dia sete de setembro ser feriado? >>>

3- Especial – Pedro I do Brasil, o qual absorveu mais de cinco dias de pesquisas e poderá servir como material didático para todos os que se interessam pela história do Brasil.  >>>

Veja clicando nos títulos ou leia tudo clicando aqui >>>