Pedretti recebe Prêmio Mário Covas do Sebrae/SP

Pedretti recebe Prêmio Mário Covas do Sebrae/SP
certificado pedretti sebrae amorim sangue novo

OBS.: A bronca citada no vídeo foi de minha Celular Woman (nome que dei para a operadora de celular na gravação)

trofeu pedretti sebrae amorim sangue novo“Conheça as ações de fomento ao empreendedorismo implementadas em Dracena e veja por que o município é um dos finalistas da edição 2016 do Prêmio Prefeito Empreendedor.”

“Veja como foi a cerimônia de entrega da premiação oferecida pelo Sebrae-SP que destaca o trabalho realizado pelos gestores públicos no fomento e apoio ao empreendedorismo.”

Leia também:
Deputado de Dracena fez cinco proposições contra homossexuais e nenhuma emenda para enviar recursos para a cidade >>>

Deputado de Dracena fez cinco proposições contra homossexuais e nenhuma emenda para enviar recursos para a cidade

Procura-se pessoas íntegras para o cargo de agente político – Paga-se bem

Procura-se pessoas íntegras para o cargo de agente político – Paga-se bem
POLITICO HONESTO

Leia também:
Dos 21 primeiros votantes no senado 20 têm problemas diversos >>>

Dos 21 primeiros votantes no senado, 20 têm problemas diversos

Dos 21 primeiros votantes no senado, 20 têm problemas diversos

Dos 21 primeiros votantes no senado, 20 têm problemas diversos

basta de corrupção
Imagem ilustrativa

Com a intenção de avaliar os senadores, no doa da votação do impeachment da presidenta Dilma me dediquei a verificar 25% dos primeiro votantes e, de acordo com o apurado na internet vejam o resultado assustador pois entre os 21, ao menos 20 deles que decidiram sobre o impeachment da presidenta Dilma respondem por lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e crimes eleitorais, entre outros o que mostra que é hora de se tomar atitudes sérias em relação à destituição da maioria ou de todos os senadores.

Já na Câmara não há muita diferença, uma vez que as grandes maiorias dos deputados estão envolvidos ou são suspeitos de praticar diversas irregularidades.

Clique nos link em azul para ir para os sites visitados

01- Ana Amélia – PP/RS– SIM (Suspeita de recebimento de propinas)

02- José Medeiros – PSD/MT – SIM (Nada encontrado na NET)

03- Aloysio Nunes – PSDB/SP – SIM (Ligado e investigado por corrupção)

04- Marta Suplicy – PMSD/SP – SIM – (Condenada em 2014 por improbidade)

05- Magno Malta – PR/ES – SIM – (Envolvido em escândalos das empreiteiras) (vídeo)

06 – Ricardo Ferraço – PSDB/ES – SIM – (Envolvido em rede de prostituição)

07 – Romário – PSB/RJ – SIM – (Acusado de ter conta na Suíça)

08– Telmário Mota – PDT/RR – NÃO – (Absolvido por suposta apologia ao crime)

09 – Sérgio Petecão – PSD/AC – SIM – (Responde pos suposta corrupção eleitoral)

10 – Dario Berger – PMDB/SC – SIM – (Responde a 28 ocorrências na justiça)
11- Simone Tebet – PMDB/MS – SIM – (Bloqueio de bens ou improbidade)

12 – Cristóvão Buarque – PDT/ – SIM (Condenado por improbidade)

13- Ângela Portela – PT/RR – NÃO – (Marido envolvido no escândalo dos Gafanhotos)

14 – José Maranhão – PMDB/PB – (Envolvido em corrupção desde 2008)

15 – José Agripino – DEM/RN – SIM (Envolvido em diversos casos de corrupção)

16- Jorge Vianna – PT/AC – NÃO – (Envolvido em corrupção é também Ficha Suja)

17- Acir Gurgacz – SIM – (Responde por mais de 200 processos)

18- Fátima Bezerra – PT/RN – NÂO (Acusada de ter recebido dinheiro da corrupção)

19- Eduardo Amorim – PSC/SE – SIM (Investigado por crimes contra lei de licitações)

20- Aécio Neves – PSDB/RJ – SIM (Envolvido em diversos casos de corrupção)

21- Wilder Moraes – PP/GO – SIM (Omitiu bens patrimoniais ao TSE)

Veja a relação dos integrantes do Senado que respondem a inquérito e ação penal no STF. Clique no nome para ver quais são as acusações e as respectivas explicações dos parlamentares
Levantamento atualizado em 25 de abril de 2016.

Aloysio Nunes (PSDB-SP)

Benedito de Lira (PP-AL)

Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)

Ciro Nogueira (PP-PI)

Dário Berger (PMDB-SC)

Delcídio do Amaral (PT-MS)

Edison Lobão (PMDB-MA)

Eduardo Amorim (PSC-SE)

Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)

Fernando Collor (PTB-AL)

Gladson Cameli (PP-AC)

Gleisi Hoffmann (PT-PR)

Humberto Costa (PT-PE)

Ivo Cassol (PP-RO)

Jader Barbalho (PMDB-PA)

José Agripino (DEM-RN)

Lindbergh Farias (PT-RJ)

Renan Calheiros (PMDB-AL)

Romero Jucá (PMDB-RR)

Sérgio Petecão (PSD-AC)

Simone Tebet (PMDB-MS)

Valdir Raupp (PMDB-RO)

Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)

Wellington Fagundes (PR-MT)

Tiveram investigações arquivadas recentemente e não respondem mais ao Supremo:

Acir Gurgacz (PDT-RO) – arquivado

Ângela Portela (PT-RR) – arquivado

Antônio Anastasia (PSDB-MG) – arquivado

Flexa Ribeiro (PSDB-PA) – arquivado

Marta Suplicy (PMDB-SP) – arquivado

Omar Aziz (PSD-AM) – arquivado

Paulo Bauer (PSDB-SC) – arquivado

Roberto Requião (PMDB-PR) – arquivado

Telmário Mota (PDT-RR) – arquivado

Veja também:

Um terço do Senado responde a acusação criminal >>>

Lista dos deputados que respondem a acusações criminais no Supremo >>>

Mais sobre processos >>>

Saiba quem votou a favor do aumento ABUSIVO dos parlamentares >>>